Skip to content. | Skip to navigation

Personal tools
Log in
Sections
You are here: Home Ensino Disciplinas Estudos Avançados em Ciência da Informação

Estudos Avançados em Ciência da Informação

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
ESCOLA DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO

DISCIPLINA: ESTUDOS AVANÇADOS EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO
PROFESSOR: MARCELLO P. BAX

1º semestre de 2012

EMENTA
A Ciência da Informação na perspectiva da Gestão da Informação e do Conhecimento (GIC).  Teoria do Conhecimento. Epistemologia de Sistemas de Informação. Fundamentos de Análise e Modelagem Conceitual. Ontologias.

OBJETIVOS
A disciplina proporciona aos alunos:
1. Reflexão os fundamentos teóricos da Ciência da Informação na perspectiva da GIG;
2. Entendimento dos fundamentos teóricos da área;
4. A realização de seminário e trabalho final da disciplina conforme projeto de tese do aluno.

METODOLOGIA

Aulas expositivas
Discussão dos textos
Seminário

AVALIAÇÃO
Participação em sala
Resenhas
Seminários em grupo

BIBLIOGRAFIA (ordenada pela ementa):

- Alton Y.K. Chua; Christopher C. Yang.  The Shift Towards Multi-Disciplinarity in Information Science. JOURNAL OF THE AMERICAN SOCIETY FOR INFORMATION SCIENCE AND TECHNOLOGY, 59(13):2156–2170, 2008

- Tefko Saracevic. Information Science. JOURNAL OF THE AMERICAN SOCIETY FOR INFORMATION SCIENCE. 50(12):1051–1063, 1999.

- HESSEN, J. Teoria do conhecimento. São Paulo: Martins Fontes, 2000. 177p.

- R. A. Hirschheim. INFORMATION SYSTEMS EPISTEMOLOGY: AN HISTORICAL PERSPECTIVE. London School of Economics.

- Roel Wieringa. Real-World Semantics of Conceptual Models. University of Twente, Enschede, The Netherlands. in The Evolution of Conceptual Modeling From a Historical Perspective towards the Future of Conceptual Modeling. Roland Kaschek Lois Delcambre (Eds.)

- B.C. Vickery. Ontologies. University College London, UK. 1997.

- Nicola Guarino. Formal Ontology, Conceptual Analysis and Knowledge Representation. in special issue on Formal Ontology, Conceptual Analysis and Knowledge Representation edited by N. Guarino and R. Poli.

- DeLong, David W. and Liam Fahey. 2000 Diagnosing Cultural Barriers to Knowledge Management. Academy of Management Executive 14(4):113-127.

- Ikujiro Nonaka’s and Hirotaka Takeuchi. The Knowledge-Creating Company: How Japanese Companies Create the Dynamics of Innovation (1995).

 

Bibliografia complementar:

- Alon, How To Choose a Good Scientific Problem, Molecular Cell (2009), doi:10.1016/j.molcel.2009.09.013

- MORIN, E. O método 3: o conhecimento do conhecimento. Porto Alegre: Sulina, 1999. 288p.

- ILHARCO, F. Filosofia da informação: uma introdução como fundação da acção, da comunicação e da decisão. Lisboa: Universidade Católica, 2003. 207p.

- MATTELART, A. História da sociedade da informação. São Paulo: Loyola, 2002. 197p.

 

Bibliografia indicada para a seleção 2010-2012 (GIC).

CHOO, C. W. A organização do conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. São Paulo: SENAC, 2003. 425p.

- DAVENPORT, T. H., PRUSAK, L. Conhecimento empresarial: como as empresas gerenciam o seu capital intelectual; tradução Lenke Peres. Rio de Janeiro: Campus, 1998. cap.1 e 6, p 1-28 e 129-147.

- TAKEUCHI, H., NONAKA, T. Gestão do conhecimento; tradução Ana Thorell. Porto Alegre: Bookman, 2008. cap. 2 e 3, p. 39-53 e 54-90.

- TARAPANOFF, Kira. Informação, conhecimento e inteligência em corporações: relações e complementaridade. In: TARAPANOFF, Kira (Org.) Inteligência, informação e conhecimento. Brasília: UNESCO/IBICT, pag. 19-36.